• CBME

Dia 16 de Outubro Dia Mundial da Alimentação



“Cresça, alimente, sustente. Juntos” é o tema da celebração deste ano 2020


Hoje, apenas nove espécies de plantas respondem por 66% da produção total da safra, apesar de haver pelo menos 30.000 plantas comestíveis. Precisamos cultivar uma variedade de alimentos para nutrir as pessoas e sustentar o planeta.

Nossos futuros sistemas alimentares precisam fornecer dietas acessíveis e saudáveis ​​para todos e meios de subsistência decentes para os trabalhadores do sistema alimentar, preservando os recursos naturais e a biodiversidade e enfrentando desafios como as mudanças climáticas.

Mais de 2 bilhões de pessoas não têm acesso regular a alimentos seguros, nutritivos e suficientes. A população global deve atingir quase 10 bilhões em 2050.

Quase 690 milhões de pessoas passam fome, um aumento de 10 milhões desde 2019. A pandemia COVID-19 pode adicionar entre 83-132 milhões de pessoas a este número, dependendo do cenário de crescimento econômico.

O impacto da desnutrição em todas as suas formas - desnutrição, deficiências de micronutrientes, bem como sobrepeso e obesidade - na economia global é estimado em US $ 3,5 trilhões por ano.

A perda e o desperdício de alimentos podem ocorrer em todo o sistema alimentar, uma vez que chegam à sua mesa - você pode fazer a sua parte! Aprender como armazenar alimentos não consumidos adequadamente para a refeição de outro dia é uma maneira de evitar o desperdício de alimentos perfeitamente bons.

Sempre que puder, apoie os heróis da comida comprando alimentos frescos cultivados localmente, como em um mercado de agricultores em sua comunidade. Ao fazer isso, você está ajudando os pequenos agricultores que produzem os alimentos, sua economia local e está incentivando a diversidade de culturas.

Apoiando iniciativas de desenvolvimento, como alimentação escolar e programas de nutrição em sua comunidade local, você pode aumentar a conscientização sobre a importância de se alimentar bem e promover uma alimentação saudável por meio da educação.

Todos podem ser ativistas e pressionar governos, empresas do setor privado e tomadores de decisão para transformar nossos sistemas alimentares, tornando as opções de alimentos saudáveis ​​mais atraentes, disponíveis e acessíveis; proporcionar emprego decente e proteção; e compartilhar tecnologias inovadoras.

Uma dieta saudável contribui para uma vida saudável. Quando optamos por comer alimentos diversos, incentivamos a produção de uma variedade de alimentos. Isso não é apenas mais saudável para o nosso corpo, mas também mais saudável para os solos e o meio ambiente, porque uma dieta diversificada favorece a biodiversidade!

Você pode usar sua plataforma de mídia social para promover uma alimentação saudável e hábitos de compra. Você pode fazer as pessoas falarem sobre eventos importantes como o Dia Mundial da Alimentação usando a hashtag oficial, #WorldFoodDay e fazer barulho para #FoodHeroes. Não ON-line? O boca-a-boca se espalha rapidamente e pode ser tão eficaz!

Você sabia que reduz sua pegada de carbono ao comprar produtos da estação? Quando a comida está fora de época em uma parte do mundo, ela precisa ser importada e percorrer um longo caminho antes de chegar ao mercado local. Comer alimentos sazonais também pode ser mais maduro, mais saboroso e mais nutritivo.

Se você tem um espaço verde em casa, acesso a um jardim ou uma varanda com espaço para vasos de plantas, você pode aprender a cultivar suas próprias frutas, vegetais e ervas. Você aprenderá muito sobre como os alimentos são produzidos e aumentará sua apreciação por todo o trabalho que envolve o cultivo de produtos agrícolas.

Juntes podemos nutrir um sistema alimentar que seja sustentável, bom para todos nós, seres humanos, plantas, planeta.

Juntes, com pequenas atitudes podemos nutrir e sermos nutridos.

Como podemos fazer isso?

CULTIVAR Um pequeno espaço, pode ser um vaso na sua casa onde você possa cultivar um tempero, uma fruta, um legume. Um pequeno espaço onde você vai aprender muito sobre como produzir alimentos e também apreciá-los, assim como tudo que envolve para que o alimento possa chegar na sua boca;

COMPRAR alimentos da estação, além de mais nutritivos e saborosos, envolvem um caminho mais curto para chegar na sua mesa e significa que você está se relacionando com o que é oferecido pelo meio ambiente neste período, sem grandes dispêndios de energia. Isto reduz a sua pegada de carbono!

APOIAR produtores locais comprando alimentos frescos cultivados localmente. Ao fazer isso, incentivamos os pequenos agricultores a continuarem produzindo os alimentos, a economia local e a diversidade de culturas.

DIVERSIFICAR Quando optamos por comer alimentos diversos, incentivamos a produção de uma variedade de alimentos. Isso não é apenas mais saudável para o nosso corpo, mas também mais saudável para os solos e o meio ambiente, porque uma dieta diversificada favorece a biodiversidade!

USAR sua mídia social para promover uma relação positiva com a alimentação, sem julgamentos com o corpo e o alimento, valorizando a cultura alimentar de cada lugar, promovendo os produtores locais e as iniciativas que contribuem não apenas para uma alimentação saudável como para um sistema alimentar mais saudável;

PLANEJAR PARA NÃO DESPERDIÇAR organizar sua alimentação na semana, quando comprar, onde, o que preparar, quando, o quanto e como armazenar adequadamente os alimentos que serão consumidos como os que não foram consumidos na refeição é uma maneira de evitar o desperdício de alimentos perfeitamente bons. A perda e o desperdício de alimentos podem ocorrer em todo o sistema alimentar, uma vez que chegam à sua mesa - você pode fazer a sua parte!




Texto por nossa colaboradora Katiuscia Dier Francisco.

2 visualizações

Centro Brasileiro de Mindful Eating

Mindful Eating Brasil

Um resgate a consciência ao comer e ao amor pela comida